Escolha uma Página
Soldado do Exército suspeito de matar colega no CMO é solto
ROBERTA CÁCERES
O Soldado do Exército Adriano Moreira Rafael que estava preso na sede do Comando Militar do Oeste (CMO), foi solto pela Justiça Militar nesta sexta-feira (15). Ele é suspeito de matar acidentalmente o colega Leonardo Pavão Rodrigues, durante troca de plantão no 9º Batalhão de Suprimentos da Capital, no dia 12 de julho.
Na mesma data foram dispensados 57 soldados do 9° Batalhão de Suprimento que serão licenciados das fileiras do Exército Brasileiro, uma vez que completaram seu período de serviço militar obrigatório.
Segundo informações do CMO, o suspeito responderá por homicídio culposo, com pena prevista de quatro anos de detenção. A dispensa não afetará o processo judicial. Moreira foi preso em flagrante imediatamente após o disparo, tendo sido lavrado um Auto de Prisão em Flagrante Delito no mesmo dia.
Leia também:

SOLDADO MATA COLEGA COM TIRO ACIDENTAL NO MS

“ATIREI SOMENTE PARA ASSUSTAR”, DIZ SOLDADO DO EXÉRCITO QUE MATOU COLEGA

Skip to content