Escolha uma Página
Soldado Carlos Manoel se feriu com uma faca no refeitório; 59º Batalhão investiga suspeita de tentativa de suicídio

Gilson Monteiro e Roberta Batista
Comandante não descarta a possibilidade tentativa de suicídio; sindicância deve ser concluída em 20 dias
O soldado do Exército Carlos Manoel Gomes da Silva, que se feriu com uma faca no refeitório do 59º Batalhão de Infantaria Motorizado (Bimtz) nesta segunda-feira (11) continua na Santa Casa de Misericórdia, mas passa bem. Carlos Manoel recebeu os primeiros socorros no posto do Batalhão, e foi encaminhado para a Santa Casa. O comando do Exército não descarta a possibilidade de tentativa de suicídio.
O posto de atendimento médico confirmou à Gazetaweb que o soldado continua internado, mas não pode dar detalhes. Mas o comandante do 59º Bimtz, Frederico Pinto Sampaio, confirmou que a última informação obtida era de que Carlos Manoel estaria fora de perigo.
“A última informação que temos é de que ele passa bem e está tudo sob controle. Em seguida, quando tiver alta, ele será encaminhado para outro tratamento, caso o médico ache necessário”, disse o Coronel.
Sobre a suspeita de tentativa de suicídio, Pinto Sampaio disse à Gazetaweb que determinou a abertura de uma sindicância para investigar. “Determinei a abertura de sindicância para identificar o que de fato aconteceu. Pode ter milhões de motivações. Não se sabe o que passa pela cabeça de jovens, mas é muito cedo para saber o que provocou e por que aconteceu isso com ele”, falou Frederico Pinto Sampaio.

GAZETA WEB
Leia também:

MISTÉRIO: FERIMENTO E INTERNAÇÃO DE SOLDADO DO EXÉRCITO VIRAM MANCHETE EM ALAGOAS

Skip to content