Escolha uma Página
Marinha faz Inspeção Naval no Amazonas

Entre os meses de maio e junho, o Amazonas recebeu mais de 25 meios navais para as atividades de Inspeção Naval na região. A Capitania dos Portos da Amazônia Oriental (CPAOR) intensificou a fiscalização do tráfego aquaviário no entorno da Ilha das Onças, principal via de acesso fluvial à Belém (PA). Do outro lado do Estado, a Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental (CFAOC) realizou a Operação “Parintins 2011”. A Operação atuou com o propósito de garantir a segurança do tráfego aquaviário das embarcações com destino ao Festival Folclórico de Parintins.

Na Amazônia Oriental, a Marinha fez a verificação dos materiais de salvatagem e coibiu o excesso de cargas e passageiros nas embarcações. As equipes de Inspeção Naval deram continuidade às atividades do Programa de Segurança da Navegação na Amazônia, provendo a instalação gratuita de coberturas de eixo padronizadas nas embarcações da região.
Ao final da Operação, a CPAOR inspecionou 422 embarcações, notificou 86, apreendeu 38 e efetuou 4 prisões em flagrante de comandantes de embarcações com excesso de carga e passageiro.


Operação “Parintins 2011”
Equipes de Inspeção Naval da CPAOR inspecionaram 422 embarcações ao final da Operação

Na Operação “Parintins 2011”, a Marinha empregou cerca de 500 militares, entre homens e mulheres, e meios navais subordinados ao Comando do 9º Distrito Naval, sob a coordenação da CFAOC.

Entre os meios navais participantes estavam dois Navios-Patrulha Fluviais e um Navio de Assistência Hospitalar, dois helicópteros e 23 embarcações de Inspeção Naval da CFAOC e das Agências Fluviais de Parintins e Itacoatiara.
MARINHA DO BRASIL
Skip to content