Escolha uma Página
60 ANOS DO TG 01-013
SERRANA FILETTI/Foto Victor
O Tiro de Guerra (TG) 01-013 de Guaçuí realizou no último sábado (25), a solenidade de matrícula do contigente de 2011. O evento aconteceu no Teatro Municipal Fernando Torres e contou com a presença dos atiradores da turma única do TG e de várias autoridades. A solenidade também serviu para comemorar o aniversário do Tiro de Guerra, 60 anos de serviços prestados a comunidade, fazer a apresentação oficial da turma de 2011 junto à sociedade de Guaçuí, realizar a entrega da boina verde-oliva a todos os atiradores, fazer a entrega do braçal aos monitores que concluíram com aproveitamento o Curso de Formação de Cabo e fazer a despedida de um dos atiradores.
Em seu discurso, o chefe de instrução do TG, 1º Sargento Jefferson Dias de Castro Júnior falou a respeito das condições que encontrou o Tiro de Guerra há três anos. “Há três anos, recebia o TG em condições muito diferente da atual. Condição esta que, foi motivo de observação na primeira formatura a qual estive a frente. Na ocasião, citei meu desconforto em apresentar as instalações do estado de conservação muito abaixo do razoável. Mas este desafio foi encarado mediante a confiança nas promessas que Deus tem para os seus escolhidos. Hoje, é com alegria que podemos dizer que este quadro mudou, e para melhor, o que é melhor. Estamos com nossas dependências em melhores condições do que recebemos, passos importantes foram dados na direção de obter um local agradável de se estar e de permanecer, tendo ciência de que ainda há muito a ser feito, mas conhecedor que estamos avançando satisfatoriamente”, enfatizou.
Chefe de instrução do TG, 1º Sargento Jefferson Dias de Castro Júnior
Segundo o Sargento, as reformas nas dependências, fizeram das instalações um local digno de acolher a altura, os que tem a responsabilidade de perpetuar o firme legado da instituição que não perde o seu vigor, com o passar dos anos. “ Temos motivos reais para comemorar, mas o maior presente que este sexagenário pode receber está em proporcionar a mais uma turma, o potencial de desenvolver a participação social, de civismo e patriotismo a jovens que iniciam sua caminhada rumo à verdadeira cidadania”, afirmou.
Representando o prefeito de Guaçuí, Vagner Rodrigues Pereira, o chefe de gabinete Cloves Francisco de Souza disse que o TG 01-013 é parceiro da municipalidade em todos os eventos que a Prefeitura necessita. “O Sargento Castro e seus atiradores estão à disposição não só em ações sociais da Prefeitura, mas à toda comunidade. São inúmeras campanhas e eventos com a participação do Tiro de Guerra local”, enfatizou.
Dando continuidade a solenidade, foi realizada a entrega da boina aos atiradores Samyr Chambela da Silveira, monitor de melhor aproveitamento no CFC/2011 e Luan Rodrigues, atirador de conduta referência, que vem se destacando. Também foi entregue o braçal de monitor aos atiradores concludentes da 1ª fase do Curso de Formação de Cabo. Os monitores Samyr Chambela da Silveira, Weverton Pontes da Silva, Philippe Rocca Bretas, João Paulo Fernandes Mafassini, Caio Azevedo de Paula, Lucas Alves de Souza, Saul Souza Aguiar, João Vitor Alves de Oliveira, Arnolld Affonso de Almeida Cabral, Carlos Eduardo Figueiredo Antunes e Lucas Pereira Sales receberam o braçal.
Na solenidade também teve um momento de despedida. O monitor Samyr Chambela da Silveira teve sua matrícula trancada, conforme prevê o inciso II do Art 24, Titulo IV, da Portaria Nº 001, de 02 janeiro de 2002, por ter sido aprovado em 13º colocado e convocado à assunção ao cargo de técnico em desenvolvimento agropecuário no Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (IDAF).
Autoridades presentes
Além do chefe de instrução do TG 01-013 e do chefe de gabinete, estiveram presentes no evento o secretário municipal de Finanças, Paulo Fernandes; a secretária municipal de Meio Ambiente, Josiane Amorim; o secretário municipal de Cultura, Turismo e Esporte, Wildes José Ferreira; o secretário municipal de Agricultura, José Maria de Oliveira; o secretário municipal de Saúde, Edielson Souza e o delegado de serviço militar 1º Tenente Carlos Roberto Papacena.
SITE DE GUAÇUÍ
Skip to content