Escolha uma Página
Brasil sonha com a terceira colocação nos Jogos Militares
Presidente da Comissão Desportiva Militar do Brasil, o vice-almirante Bernardo Gamboa falou nesta segunda-feira sobre a meta de desempenho da delegação brasileira nos Jogos Mundiais Militares, que começam no próximo dia 16, no Rio de Janeiro. Para Gamboa, o Brasil tem condições de figurar entre as potências do evento.
“Acho que um quinto lugar no quadro de medalhas seria aceitável, mas acredito que estamos preparados até para ficar em terceiro. Não é pelo fato de os jogos acontecerem no Brasil, é porque a nossa delegação está preparada, motivada e confiante em um bom desempenho”, comentou o vice-almirante, durante um evento motivacional, no Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN).
Ele ainda explicou o motivo de não considerar o Brasil favorito para a liderança do quadro de medalhas. “Muitos países virão com atletas mais preparados, como é o caso da China. A maior parte da delegação é formada por atletas que são profissionais e também militares”, falou.
Se o prognóstico do militar se concretizar, será uma evolução bastante significativa nos Jogos, já que na última edição dos Jogos, em Hyderabad, na Índia, em 2007, o Brasil ficou na 33ª colocação geral.
A quinta edição dos Jogos Mundiais Militares será realizada no Rio de Janeiro entre os dias 16 e 24 deste mês. Mais de 6 mil atletas e técnicos das Forças Armadas de 100 países disputarão 20 modalidades esportivas. A delegação brasileira contará com 268 atletas, sendo 159 homens e 109 mulheres.
TERRA
Skip to content