Escolha uma Página
Trio é preso por tráfico, comércio de munição e homicídio em Marabá
Ana Paula Silva Cardoso, 19 anos; Leonardo dos Santos Magalhães, 18, e João Maria Correa do Nascimento, 34, este último sargento do Exército Brasileiro lotado no Batalhão Logístico de Marabá, foram presos por agentes da Superintendência Regional de Polícia Civil do Sudeste do Pará por tráfico, comércio de munição e homicídio. Ana Paula e o esposo, Leonardo, já vinham sendo investigados por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas e comércio ilegal de munição de arma de fogo de uso restrito.
No último sábado, uma equipe da Superintendência Regional abordou Ana Paula em via pública e com ela encontrou nove petecas de “pedra de oxi” e quatro munições calibre 9mm, de uso restrito das Forças Armadas e da Polícia Federal. Durante uma revista à residência da acusada foram encontradas outras duas munições calibre 40, o que levou à autuação também de Leonardo.
Segundo o delegado Alberto Teixeira, que comanda a equipe da Superintendência Regional, havia informações de que Leonardo, juntamente com o Sargento “Nascimento”, teriam executado Welton Gomes de Carvalho, conhecido como “Acaí”, no dia 17 de junho. A informação foi confirmada após a prisão de Leonardo, que confessou o crime e declarou teve a ajuda do Sargento Nascimento.
Ouvido em depoimento, ele relatou que os dois utilizaram o veículo e a arma do Sargento Nascimento no homicídio de “Açaí”. Segundo Leonardo, “Açaí” era um ladrão conhecido na região da Folha 10 e havia vendido uma caixa de som amplificada ao Sargento, que por não querer pagar o que devia decidiu por um fim à vida de “Açaí”.
Nascimento foi flagrado em sua residência, onde foram encontrados a caixa de som amplificada, produto de ilícito, e ainda um revólver da marca taurus, oxidado, calibre 38, acompanhado de seis munições aparentemente intactas. “Durante a prisão ele confessou que recebeu a caixa amplificada do “Açaí”, mas que não a comprou, apenas guardou. Também negou fazer parte do esquema criminoso e reagiu à prisão do momento da abordagem policial, como ameaçou de morte um investigador da Polícia Civil”, detalha o delegado.
Nascimento foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e munição, receptação, resistência e ameaça. Encaminhado ao CPC Renato Chaves, ele foi submetido à exame de lesão corporal e coleta de sangue para verificar se o mesmo estava sob efeito de algum tipo de droga, tendo em vista o comportamento exaltado que apresentou durante a abordagem policial. A motocicleta de Nascimento, a arma e as munições apreendidas com os presos também foram encaminhadas para perícia técnica no CPC.
Ana Paula foi autuada por comércio ilegal de munição de uso restrito e tráfico de drogas, enquanto Leonardo responderá por posse ilegal de armas e tráfico de drogas, Os dois ficarão recolhidos na Susipe à disposição da Justiça, enquanto o Sargento Nascimento foi entregue à Polícia do Exército, que deverá manter a sua tutela até que seja proferida decisão judicial. O delegado Alberto Teixeira informou que o homicídio de “Açaí” será investigado mais a fundo, tendo em vista que agora a polícia dispõe de novas informações.
Aycha Nunes – Ascom/Polícia Civil
AGÊNCIA PARÁ DE NOTÍCIAS
Nota do editor:
Trata-se do 3º Sargento Técnico Temporário João Maria Correa do (Nascimento), lotado no 23º BLog Sl (Marabá-PA)
Skip to content