Escolha uma Página
Destroços foram encontrados pela equipe de resgate neste domingo (19).
Baixa luminosidade dificulta o resgate dos mergulhadores.
O segundo Comando da Marinha do Brasil encontrou neste domingo (19) destroços do helicóptero que caiu na última sexta-feira (17) em Porto Seguro.
De acordo com informações, foram encontrados uma peça da estrutura externa (carenagem), um assento de apoio e uma bolsa que possivelmente deve pertencer a um dos passageiros. No sábado (18), a Marinha informou que foram encontrados outras partes da estrutura da aeronave, assim como uma bolsa, que também não foi identificada.
O helicóptero caiu na noite da sexta-feira (19) na Praia de Itapororoca, em Porto Seguro. Sete pessoas estavam a bordo, quatro corpos já foram resgatados e liberados pelo IML. Ainda faltam serem encontrados Mariana Noleto, nora do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, Jordana Kfuri Cavendish e do empresário Marcelo Mattoso Almeida, que estava pilotando a aeronave.
A marinha informa ainda que a baixa luminosidade dificulta a busca na região. Até agora, os mergulhadores só conseguem alcançar um metro de profundidade.Quatro pessoas morreram no acidente, segundo a Força Aérea Brasileira (FAB).
O navio varredor Albardão possui um equipamento sonar de varredura lateral (side-scan) e está navegando na região do acidente para tentar localizar o helicóptero no fundo mar. A região de busca foi estabelecida a partir dos pontos de recuperação de destroços e encontro das quatro vítimas desde sexta-feira. A Marinha vai rastrear uma área de aproximadamente 6,9 km².
Durante o período noturno, o navio patrulha Gravataí será usado nas buscas, já que as lanchas e pequenas embarcações usadas pela corporação não possuem equipamentos suficientes para ser usados durante a noite.
As buscas pelo helicóptero, que tem o prefixo PR-OMO, também estão sendo feitas por uma lancha do Grupamento de Patrulha Naval do Leste, duas lanchas da Capitania dos Portos em Porto Seguro, três embarcações civis e dez mergulhadores dos bombeiros e voluntários. A FAB está usando um helicóptero na operação.
G1
Leia também:

FAB E MARINHA RETOMAM BUSCAS POR DESAPARECIDOS NA BAHIA

Skip to content