Escolha uma Página
Tenente do Exército é preso por porte ilegal de arma após se envolver em acidente
Eliane Souza
O tenente do Exército Brasileiro L.P.M., de 23 anos, está preso na Polícia do Exército (PE) depois de se envolver em um acidente de trânsito na manhã deste domingo (12), nas proximidades do Rádio Clube Campo, onde aconteceu uma festa na noite de sábado para domingo.
O motivo que o levou para a prisão é que ele estava armado e, segundo testemunhas, teria ameaçado o rapaz que colidiu contra o veículo.
Testemunhas que presenciaram o acidente de trânsito perceberam que o militar estava armado e acionaram o serviço 190 da Polícia Militar. Ele e outras pessoas que estavam no veículo foram abordados na Rua Rodolfo José Pinho com 1º de Maio. Em revista, os policiais militares encontraram um revólver calibre 765 municiado, mas sem cápsulas deflagradas e ainda um carregador.
L. foi conduzido para Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) unidade centro, por volta das 7h30. Lá prestou depoimento e por volta das 14h30 deste domingo foi transferido para a Polícia do Exército, que é onde ficam detidos os militares.
O tenente, que também é acadêmico de direito, vai responder civilmente pelo crime de falta de porte para uso de arma de fogo de uso permitido. Pode ainda responder disciplinarmente por fazer parte das Forças Armadas. A pessoa envolvida no acidente não fez representação de ameaça.
Comento:
O caso necessita de um maior esclarecimento, pois o porte de arma de fogo para oficiais é de validade indeterminada para os de carreira e limitada ao prazo de convocação para os temporários.

Skip to content