Escolha uma Página
Uruguaiana, Bagé e Santa Maria também devem ser atingidas pelas cinzas
Credito: Adriana de Moura, Arquivo Pessoal/
Nuvem de cinzas do complexo vulcânico Puyehue-Cordón Caulle, visto a partir do Lago Llanquihue, no Chile

A Força Aérea Brasileira (FAB) informou que uma nuvem de cinzas do vulcão chileno pode chegar a Porto Alegre no final da noite desta quinta-feira, caso as condições atmosféricas se mantenham. Os dados são do mais recente relatório emitido pelo Centro de Monitoramento da Argentina.

De acordo com o Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA), órgão vinculado à FAB, que acompanha em tempo real a evolução do cenário no Conesul, o relatório aponta que as regiões de Uruguaiana, Bagé e Santa Maria poderiam ser atingidas pela fumaça por volta das 16h.
As informações enviadas pelo Centro de Monitoramento da Argentina também indicam a possibilidade de a nuvem chegar a Porto Alegre no final da noite desta quinta-feira, caso as condições atmosféricas se mantenham.
Porém, o Gerente Nacional de Tráfego Aéreo, Major Aviador Antonio Marcio Ferreira Crespo, esclarece que a evolução desse quadro é modificado pela dinâmica atmosférica, então, o cenário projetado pode mudar, principalmente se houver a formação de novas frentes frias.
— As empresas aéreas estão sendo constantemente assessoradas com relação a evolução desse cenário. Elas estão sendo preparadas para voarem para aeroportos alternativos, se for o caso. Os centros de controles estão recebendo informações atualizadas em tempo real com relação ao posicionamento dessas nuvens e possíveis desvios que devam ser feitos por aeronaves que já estejam voando— explica o Major.
Skip to content