Escolha uma Página
Triatletas passarão a noite na selva antes do XTerra Amazônia
Alexandre Koda
Além de passarem a noite na selva, os triatletas terão uma longa prova no dia seguinte
Foto: Alexandre Koda/ www.webrun.com.br

Um seleto de grupo de triatletas aceitou o desafio de passar uma noite na selva amazônica, antes da disputa do XTerra Brasil, prova de triatlhon com 1,5 quilômetro de natação, 30 de mountain bike e nove de corrida a ser disputado no próximo sábado (11/06). Na noite de sexta-feira todos receberão um treinamento de sobrevivência na selva ministrado pelos soldados do Centro de Instrução de Guerra na Selva (Cigs).

Os atletas serão responsáveis por montar o acampamento, mas terão que produzir o jantar antes de repousarem para o desafio do dia seguinte. A noite promete ser diferente, pois no lugar de camas haverá redes estendidas nos troncos e a madrugada terá a companhia dos animais que habitam a floresta.
Aqueles que sobreviverem ao desafio serão os verdadeiros Mundurukus, referência à tribo indígena que habita a região do Rio Tapajós, famosa pelo espírito guerreiro. No dia seguinte a programação começa logo cedo com o café da manhã, que será servido pontualmente às 6h, mesmo horário que será aberta a área de transição.
Será possível mexer nos equipamentos até as 7h30, já que a largada da disputa está programada para as 8h no rio que cerca o quartel general do exército, a Base de Instruções número quatro. Após o triatlhon, os sobreviventes que ainda tiverem energias, poderão soltar a musculatura na corrida noturna, com percursos de cinco e 10 quilômetros.
WEBRUN
Skip to content