Escolha uma Página

Atenção: esta postagem é original do blog. O texto e a pesquisa são do editor.  A reprodução é permitida, porém, solicito citar a fonte.

A Procuradora-Geral de Justiça Militar, Cláudia Márcia Ramalho Moreira Luz entregou pessoalmente ao Brigadeiro Saito, Comandante da Força Aérea, ofício no qual trata sobre segurança nas instruções militares. Em tom duro, o documento, ao mesmo tempo em que reconhece a necessidade de treinamento especial e do risco que envolve essas atividades, recomenda expressamente a adoção de medidas visando coibir os abusos e dá prazo de 90 dias para que sejam implementadas.
A Procuradora entregará, nos próximos dias, documento idêntico aos Comandantes do Exército e da Marinha.
Skip to content