Escolha uma Página

Soldados do Exército são presos em SP por suspeita de fraude
Eles ajudavam estelionatários que desviavam dinheiro de bancos, diz polícia.
Dinheiro de correntistas do Norte e do Nordeste era sacado em SP.

Dois soldados do Exército são investigados em São Paulo por suspeita de participação em uma fraude contra clientes de diversos bancos no país. De acordo com a Polícia Civil, estelionatários desviavam dinheiro de contas correntes do Nordeste, do Norte e do Centro-Oeste do Brasil e depositavam os valores nas contas dos militares. Os militares são suspeitos de sacar o dinheiro em agências da capital e entregá-lo aos criminosos.
Segundo a polícia, os soldados emprestavam as próprias contas bancárias para estelionatários em troca de uma porcentagem. Um dos suspeitos tem 22 anos e foi preso quando tentava sacar R$ 6 mil em um banco da Avenida Paulista. O outro militar, de 24 anos, foi detido no quartel. Os dois são soldados da polícia do Exército.
Segundo a polícia, os suspeitos confessaram que emprestavam as contas bancárias para estelionatários. A polícia investiga agora se o dinheiro que foi parar na conta dos militares foi desviado por hackers que acessavam contas correntes por meio da internet ou se um funcionário de um banco participava do esquema.
Segundo a polícia, um garoto de 14 anos era o responsável por coletar o dinheiro e levá-lo aos estelionatários. Ele também foi detido. Os militares vão responder por furto mediante fraude e vão ficar presos no quartel general do Exército.
G1
Skip to content