Escolha uma Página

Ferida aberta
Lauro Jardim
Amor e Revolução, novela do SBT cuja ação se desenrola durante a ditadura, só estreará em abril, mas já causa mal-estar entre os militares. Integrantes das Forças Armadas criticam os potenciais efeitos da novela na opinião pública. Ela deverá conter cenas de tortura, em um momento em que se discute a criação da Comissão da Verdade.
VEJA/RADAR ON-LINE

Skip to content