Escolha uma Página
Olimpíadas Militares da Aman completam 60 anos
No gramado, a bola rola e os atletas suam a camisa lance a lance. 

Técnica e habilidade estão em jogo na Aman com as olimpíadas militares, que completam 60 anos. A unidade também é cenário de preparativo para os jogos mundiais, que acontecem no Rio

Além de técnica e habilidade, algumas provas chegam a simular situações reais de guerra. No gramado, a bola rola e os atletas suam a camisa lance a lance. Diante da maior paixão, festa total nas arquibancadas. Estreantes na competição, os alunos do primeiro ano uniram a torcida num único grito de ordem.
Em 13 disputas diferentes, o alto rendimento está em jogo. Ao ar livre ou nos tatames, o ambiente não importa. O que vale é superar desafios e ser o melhor. A precisão de cada movimento é decisiva na busca pelos pontos.
A Olimpíada Acadêmica da Aman reúne 1,2 mil cadetes. Além de técnica e habilidade, algumas provas chegam a simular situações reais de guerra. O arremesso de granadas é uma das modalidades mais disputadas.
Os alvos ficam a quase 40 metros de distância, num verdadeiro desafio. O tempo máximo para lançamento é de apenas três minutos. Força e pontaria são combinações que não podem faltar.
E ao ritmo dos jogos mundiais militares, que acontecem em julho no Rio, os atletas se preparam. Este grupo veio de vários pontos do país e está em fase de adaptação ao clima. A corrida é longa, mas nada que supere o favoritismo em verde e amarelo.
Skip to content