Escolha uma Página
Advogados do padre José Severino Cheregato recorrem da decisão

Os advogados do padre José Severino Cheregato, Paulo Quezado e João Marcelo Pedrosa, recorreram no próprio Superior Tribunal Militar (STM) contra a condenação do ex-capelão da Base Aérea de Fortaleza. Na última terça-feira, o capitão teve confirmada a sentença de três anos de reclusão por crime de peculato.
Cheregato já havia sido condenado em primeira instância pela Auditoria Militar no Ceará em 2009. De acordo com Paulo Quezado, o fato de Cheregato ter sido condenado por seis votos a cinco, não caracterizando unanimidade, cabe recurso contra a decisão dos ministros do Superior Tribunal Militar (STM).
“Entramos com um embargo infringente”. Apesar de ter sido condenado também no STM, o padre José Severino Cheregato permanecerá em liberdade até que seja julgado o novo recurso. O padre Cheregato, atualmente servindo na Aeronáutica em Manaus, foi condenado por ter movimentado R$ 370 mil.
Dinheiro oriundo de doações de fiéis, entre 1997 a 2005, à capelania da Base Aérea de Fortaleza. 
O Povo

Leia também:

CAPELÃO É CONDENADO POR DESVIO DE DINHEIRO E DEVE SER EXPULSO DA AERONÁUTICA

Skip to content