Escolha uma Página
Oferta do Rafale esbarra no Congresso americano
Angela Pimenta

Antes favorito na disputa pela venda bilionária de 36 caças para a Força Aérea Brasileira, o avião francês Rafale, da Dassault, agora enfrenta a concorrência acirrada do rival americano, o Hornet F-18, da Boeing.
Nas negociações, os franceses têm dito que seu produto é o único que garante a transferência integral de tecnologia ao Brasil, via Embraer. 
Mas segundo o blog apurou, os americanos, que também prometem transferência tecnológica, não hesitariam em questionar o argumento francês, indicando que ele tromba em ninguém menos do que o próprio Congresso americano.
Isso acontece porque boa parte do recheio do Rafale tem tecnologia americana, como peças, circuitos e software.
Logo, para que essa tecnologia fosse transferida ao Brasil, a Dassault e o governo francês necessitariam da autorização de ninguém menos do que os próprios parlamentares ianques.
A seguir, uma lista das empresas americanas fornecedoras do Rafale, segundo o site Airframer, especializado em aviação: Rexnord Aerospace, Goodrich Sensors & Integrated Systems, HiRel Connectors, Avibank Mfg., Eaton Aerospace Phelps Valve, Rexnord Cartriseal, Omega Technologies e Orelube Corporation.
EXAME
Skip to content