Escolha uma Página
SP tem menor taxa de homicídios desde 1999, diz governador
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), anunciou neste sábado que o Estado fechou o ano de 2010 com a menor taxa de homicídios desde 1999: 10,47 por grupo de 100 mil habitantes. Quando comparado com o ano de 1999, quando o índice foi de 35,27, a queda é de 70,3%. A taxa atual é menor do que a metade da média nacional, 24,5.
“Ainda queremos reduzir para abaixo de 10, que é o que preconiza a Organização Mundial de Saúde”, destacou Alckmin. O governador também divulgou que, em números absolutos, foram registrados 4.320 assassinatos no ano passado, contra os 4.564 ocorridos em 2009, uma redução de 5,35%.
Alckmin lembrou que a redução histórica é também uma questão de saúde pública, já que entre as três maiores causas de morte no Brasil e em São Paulo estão problemas no coração, câncer e causas externas. “Dentre as causas externas, das principais era o homicídio”.
FOLHA DE SÃO PAULO
Comento:
Os leitores do blog certamente lembram que, durante a campanha, Dilma caiu de pau em cima da política de segurança pública de SP, enquanto exaltava o modelo das UPP de Sérgio Cabral. Claro, isso foi antes da invasão do Complexo do Alemão, que pôs à nu a ineficiência de um modelo que ocupa espaços nas comunidades e, principalmente, na mídia, sem no entanto prender bandidos. Para espanto de muitos, os assassinatos continuam aumentando. Em SP, os criminosos vão para a cadeia e – surpresa – os homicídios diminuem. Simples assim.
Skip to content