Escolha uma Página
Primeiro lugar no vestibular da UFRJ vai para o ITA
Até o ensino médio, Luiz Filipe Martins Ramos, aluno do Instituto Gay Lussac, em Niterói, carregava uma dúvida: seria músico ou engenheiro? Optou pela segunda, que parecia mais tranquila. Três anos depois, veio o resultado: candidato a uma vaga no curso de Engenharia Mecânica, foi o primeiro lugar geral do vestibular 2011 da UFRJ, com 46 pontos em 50.
– Quando saí da prova, sabia que tinha ido muito bem. Passei no ano passado, mas preferi terminar o colégio normalmente. Neste vestibular, minha meta era passar para o ITA (Instituto Tecnológico da Aeronáutica). Na UFRJ, eu visei as primeiras colocações – afirma.
Missão dada, missão cumprida. Aprovado no Instituto Militar de Engenharia (IME), no ITA e na UFRJ, ele já fez a sua escolha: vai para São José dos Campos (SP) cursar Engenharia Aeronáutica e morará no alojamento da instituição. Nem a distância de casa o fez mudar de opinião.
– A opção pelo ITA foi porque, em termos de Brasil, é considerado o melhor lugar – explica ele, que comemorou 18 anos na quinta-feira, véspera da notícia.
EXTRA
Skip to content