Escolha uma Página
A sinalização da equipe econômica é no sentido de apertar o cinto e cortar gastos da União no primeiro ano do governo Dilma Rousseff. Mas nos bastidores em torno da permanência do ministro Nelson Jobim à frente das Forças Armadas costura-se um reajuste para remuneração de oficiais e praças em 2011 ou mais tardar para 2012, sendo anunciado já no ano que vem.
O aumento (de pelo menos 4,49%) viria para equiparar vencimentos das Forças Armadas aos da Polícia Federal (PF). Cada vez mais próximos no patrulhamento de fronteiras e até mesmo em ações urbanas, como a pacificação do Morro do Alemão, no Rio, homens da PF e miliares das Forças Armadas têm essa diferença remuneratória, quando se leva em consideração soldo mais adicionais. Esse tem sido um dos argumentos para liberação de reajuste em tempos de orçamento apertado. Os efeitos dele na remuneração dos quartéis podem ser conferidos ao lado.
Posto ou Graduação           Remuneração atual      Equiparada
Almirante-de-Esquadra         18.853,27                       19.699,82
Vice-Almirante                      17.781,95                       18.580,40
Contra-Almirante                  16.724,00                       17.474,48
Capitão-de-Mar-e-Guerra     13.714,00                      14.329,89
Capitão-de-Fragata               12.576,00                      13.141,06
Capitão-de-Corveta              11.528,00                      12.045,80
Capitão-Tenente                     8.434,00                         8.812,82
Primeiro-Tenente                    7.344,00                         7.673,63
Segundo-Tenente                   6.371,00                          6.657,14
Guarda-Marinha                    5.859,00                           6.121,78
Aspirante (último ano)            1.017,91                           1.063,62
Aspirante (demais anos)            817,64                             854,35
Al. Colégio Naval (último ano)  740,64                             773,90
Colégio Naval (demais anos)     730,59                            763,39
Aprendiz-Marinheiro                 685,94                            716,74
Suboficial                               5.863,00                         6.126,33
Primeiro-Sargento                  4.971,00                         5.193,85
Segundo-Sargento                 4.145,00                         4.330,89
Terceiro-Sargento                 3.260,00                          3.406,09
Cabo (engajado)                   2.105,00                          2.199,84
Taifeiro de 1ª Classe             1.972 ,00                         2.060,17
Taifeiro de 2ª Classe             1.586,00                          1.656,77
Marinheiro (especializado)     1.291,00                          1.348,79
Marinheiro(não especializado)1.208,76                          1.263,04
Cabo não engajado                   612,65                           640,16
APERTADO 2
RESERVISTAS INCLUÍDOS
O aumento linear – incluindo reservistas e pensionistas – vai prevalecer sobre o retorno do auxílio moradia e dos anuênios, cujos estudos sobre impacto financeiro já estão, inclusive, concluídos. Comandantes militares são contrários a ganhos só para pessoal em atividade.
APERTADO 3
28,86%
Praças e oficiais até capitão de corveta levarão ainda a diferença da vantagem de 28,86% (garantida por decisão do Supremo Tribunal e pela Súmula 47 da AGU). Essa diferença se complementará ao reajuste linear, mas ainda depende de projeto de lei e aprovação do Congresso.
APERTADO 4
DE 1993 A 2000
A proposta dos 28,86% prevê pagamento de atrasados do período entre 1º de janeiro de 1993 e 29 de dezembro de 2000. Seguindo a lógica do reajuste, atenderá reservistas e pensionistas. Virá em parcelas e, como depende de orçamento, o início do pagamento deve ficar para 2012.
O DIA, via blog SACO MUCHO
Skip to content