Escolha uma Página
A epidemia de cólera no Haiti fez mais de 2.500 mortes desde o seu aparecimento em meados de outubro e quase 115.000 casos foram contabilizados, segundo um novo balanço do ministério da Saúde haitiano.
No total, 2.535 pessoas morreram desde o início da epidemia, que não mostra sinais de abrandamento, e 114.497 pessoas contraíram a doença, de acordo com um balanço efetuado até 14 de dezembro.
O departamento de Artibonite, onde a epidemia começou, continua a ser o mais afetado, com 807 mortos, enquanto a capital Port-au-Prince, onde vivem em condições muito precárias numerosos sinistrados do sismo de janeiro, contabiliza 235 mortos.
DÁRIO DE NOTÍCIAS/LUSA (Portugal)
Skip to content