Escolha uma Página
Dois soldados do Exército foram presos e são suspeitos de matar um contador em Pouso Alegre, Sul de Minas Gerais, na madrugada desta terça-feira. Dimas Bueno, de 40 anos, foi morto na casa dele, no bairro Colina de Santa Bárbara, com uma pancada na cabeça.
O carro da vítima foi levado e não havia sinais de arrombamento na residência. Segundo a Polícia Militar, Bueno estava em uma academia com um amigo na noite de segunda-feira, que tentou ligar diversas vezes para ele depois que saíram do local, sem sucesso.
Por volta de 1h desta terça-feira a PM foi chamada, mas não encontrou sinais de arrombamento. Uma vizinha contou à polícia que teria ouvido um barulho na casa por volta das 20h30m.
A Polícia Militar informou que prendeu dois suspeitos, ambos soldados do Exército. Em depoimento, Alysson Douglas Gouveia, de 19 anos, e Eduardo Raimundo Codignole, da mesma idade, confessaram que estiveram na casa do contador. Segundo a polícia, Gouveia assumiu que bateu na cabeça da vítima com um banco, depois de um desentendimento. Depois do crime, Codignole fugiu em uma moto e Gouveia saiu com o carro da vítima.
O veículo foi abandonado no bairro Saúde e a moto encontrada em frente ao 14º GAC. Os dois rapazes foram autuados em flagrante e estão na Delegacia de Pouso Alegre. 
Skip to content