Escolha uma Página

Projeto prevê a construção de um centro de indústrias bélicas e de peças para tanques de guerra

Rio Grande do Sul negocia Complexo Industrial de  Defesa/ Maria Luiza Guerra / Especial / CP
 
O município de Santa Maria negocia com o governo federal e multinacionais a implementação de um Complexo Industrial de Defesa. As tratativas ainda estão em fase inicial, mas foram alvo de reunião entre o prefeito Cezar Schirmer e o ministro da Defesa, Nelson Jobim. O projeto prevê a construção de um centro de indústrias bélicas e de peças para tanques de guerra. Para isso, a prefeitura já tem terreno disponível e projeto para transformar o aeroporto da Base Aérea em um terminal internacional. “Santa Maria tem know how para isso”, pontuou o prefeito. Entre as empresas que estariam sendo sondadas está uma companhia russa e a alemã Krauss Massey Wergmann (KMW), que fornece blindados de combate ao Brasil. Elas se somariam a outras que já atuam na região, como a israelense Elbit, que desenvolve avião não-tripulado.
O governo federal deve apoiar as negociações. O ministro Nelson Jobim destacou que uma fábrica de blindados em Santa Maria seria um “marco importante para a cidade, que hoje possui 80% dos blindados do Brasil”. A união entre setor privado e público será vital para a empreitada. Está em negociação a concessão de isenção tributária às empresas. “A indústria de material de defesa é uma indústria dual. Não se deve tratar apenas essa questão como um direito das estatais. Ela tem de ter um viés militar, mas também civil”, salientou Jobim.

CORREIO DO POVO

Skip to content