Escolha uma Página
O soldado Willian Pereira de Souza, do 30º Batalhão de Infantaria Motorizado, de Apucarana (PR), assassinado na última sexta-feira no vizinho município de Rolândia, foi morto por engano, conforme apurou a investigação policial.
Segundo testemunhas, o autor do crime, Roberto Carlos Massola (22), confundiu o rapaz com outro de mesmo nome, que estaria tendo um relacionamento com sua namorada.
Skip to content