Escolha uma Página
Trinta e dois soldados do Exército passaram o fim de semana se preparando para combater incêndios, no Tocantins. O período de seca ainda deve durar pelo menos mais dois meses no estado.
A estiagem, que chegou antes do previsto, já deixou 20 municípios em situação de emergência e queimou cerca de 250 mil hectares.
Na Ilha do Bananal, a região com maior número de focos de incêndio no Tocantins, colunas de fumaça se abrem no Parque Nacional do Araguaia e nas reservas indígenas. “Tem fogo espalhado pela ilha inteira. Então, vamos ter que estabelecer áreas prioritárias para o combate”, disse Ana Maria Canutti, coordenadora do PrevFogo.
Cinco aeronaves com capacidade para carregar e lançar água são usadas no combate às chamas.
“Constatamos várias indicações de incêndio criminoso”, diz o comandante do PrevFogo, Flavio Viana. A polícia já começou a investigar.
Skip to content