Escolha uma Página
Um soldado matou na sexta-feira (21) dois superiores a tiro e feriu outras 15 pessoas no Forte de Tiúna, a principal instalação militar de Caracas, fugindo depois com um fuzil automático num Chevrolet Cavalier de cor vermelha.
Segundo fontes não oficiais, o soldado foi identificado como Jefferson José Trujillo Vásquez e as vítimas mortais o capitão Miguel Ângel Rosales Montoya e o tenente Alfredo Daniel Ruíz.

A ocorrência teve lugar no Batalhão Bolívar, tendo os feridos sido levados ao Hospital Militar e pelas 12 horas locais (17:30 horas em Lisboa) os acessos ao Forte de Tiúna foram encerrados.
LUSA

Skip to content