Escolha uma Página

Dois militares da Base Aérea de Santa Maria (Basm) estão desaparecidos desde domingo na localidade de Saicã, na divisa entre Rosário do Sul e Cacequi, na Região Central.
Segundo informações da assessoria de imprensa da Basm, o sargento Vorlei da Silva, 47 anos, e o soldado Luiz Enehy Souza Silva, 24 anos, participavam de uma missão em Saicã, um local de treinamento da Aeronáutica.

Neste domingo, eles teriam aproveitado o horário de folga e foram pescar, de barco, na Lagoa Tarumã. A assessoria não soube informar quais são as circunstâncias do acidente com a embarcação, que virou.
Conforme nota oficial divulgada na manhã desta segunda-feira, haveria mais militares no barco. O capitão Jair Mário Cardoso, que já está na sede da Basm, em Santa Maria, foi resgatado ainda no domingo por outra embarcação. O capitão teria conseguido nadar até uma margem da lagoa e ficou algumas horas aguardando por resgate. Com ferimentos leves, ele foi levado para o hospital, onde foi internado e medicado com tranquilizantes.
A Equipe de Salvamento e Resgate, Equipe SAR, do Esquadrão Pantera, da Basm, começou buscas no local ainda no domingo. Conforme o comandante da Basm, coronel-aviador José Eduardo Ruppentthal, um helicóptero, um avião, um bote e mergulhadores procuram os desaparecidos no Rio Cacequi.
Ainda segunda a nota oficial, os familiares dos desaparecidos estão acompanhando as buscas da sede, em Santa Maria. Um Inquérito Policial Militar (IPM) já foi instaurado para apurar as causas do acidente. Conforme a Basm, não há acesso ao local de buscas por terra porque uma ponte que leva ao local estaria submersa. 

ZERO HORA Imagens: Base Aérea de Santa Maria 
Skip to content