Escolha uma Página

Após meses de discussão e polêmica, a estátua de um jacaré vestido com a farda e usando armamentos do Exército (o Guerreiro do Pantanal), que está instalada em frente à sede do Comando Militar do Oeste (CMO), em Campo Grande (MS), será retirada para permitir a continuidade das obras da segunda etapa da Via Morena, ao longo da Duque de Caxias, em Campo Grande. O monumento será transferido nos próximos dias para local ainda não definido. Caso a estrutura não fosse retirada, haveria problemas para a continuidade dos trabalhos.
Skip to content