Escolha uma Página
Exército reforça ação nos morros do Recife
Diário de Pernambuco
A pouca chuva que caiu no Recife na manhã de ontem deixou apreensivos os moradores das áreas de morro. Nem mesmo o reforço de 60 soldados do Exército – que iniciou ontem um trabalho em parceria com equipes da Coordenadoria de Defesa Civil do Recife (Codecir) com a colocação de lonas plásticas nas áreas de risco – conseguiu acalmar a população. Quem vive no Córrego Jardim Primavera, no Brejo da Guabiraba, região Norte do Recife, teme que as barreiras não resistam ao inverno. “A gente precisava de uma ação mais efetiva, como a construção de um muro de contenção. As lonas ajudam, mas daqui a um mês, estarão rasgadas e desgatadas”, queixou-se o mototaxista Gilson Pereira, 29 anos, que mora no local.
Gilson foi um dos moradores que recebeu a visita dos militares do Exército numa das ações da Operação Inverno, realizada pela Prefeitura do Recife. A partir da próxima segunda-feira até o fim do período chuvoso, os militares vão trabalhar nas cinco regiões político-administrativas, onde estão localizadas áreas de morros e barreiras. Além de ajudar os técnicos da Codecir na colocação das lonas plásticas, os soldados também integrarão equipes para trabalhar no porta a porta, entregando as cartilhas educativas, que contêm orientações de como quem mora nas encostas pode diminuir os riscos. “Os soldados foram capacitados pelos técnicos da Codecir e treinados para ajudar a atender a população que vive na área de risco”, explicou a assessora executiva de Controle, Desenvolvimento Urbano e Obras, Ana Cláudia Mota.
De acordo com o 2º tenente Diogo Vasconcelos, que comanda a ação, se for necessário, os militares permanecerão mais tempo atuando na operação. Mesmo com a presença dos homens do Exército, a costureira Cirleide Maria da Silva, 50, teme que a barreira que passa por trás de sua casa possa desabar. “Quando está chovendo, a gente já fica com o coração na mão”, disse. A vizinha dela, a doméstica Maria José da Conceição, 48, vive numa área de menor risco, mas diz ter receio pela mãe, de 77 anos, que mora numa casa embaixo deuma encosta, também no Brejo de Guabiraba. “Às vezes,peço para ela vir dormir aqui porque tenho medo de que a barreira caia em cima da casa”, disse.
O secretário de Controle, Desenvolvimento Urbano e Obras, Amir Schvartz, informou que a parceria com o Exército já vem ocorrendo. “É um reforço importante e que vem ampliar nossa atuação durante a Operação Inverno”, declarou. Segundo Schvartz, além da colocação de lonas plásticas, a prefeitura está aplicando um gel impermeabilizante. O produto foi usado em áreas de risco de Três Carneiros, no Ibura, no dia 14 do mês passado, por ocasião da inauguração da Operação Inverno. “Como faz pouco tempo, ainda não temos uma avaliação da eficácia do produto”, explicou.
Pouco antes de os militares iniciarem os trabalhos nos morros, algumas áreas da cidade ficaram completamente alagadas com a chuva que caiu na madrugada. Congestionamentos complicaram o trânsito nas avenidas Caxangá e Norte. No bairro de São José, o vento arrancou parte do telhado de um galpão de uma transportadora. A previsão do Instituto Nacional de Meteorologia é de que as chuvas continuem.
Skip to content