Escolha uma Página
Posto o artigo abaixo, enviado pelo amigo Calabar, leitor assíduo do blog. Um caso sério (mais um) de descaso com a classe fardada e com a segurança pública. É o Brasil!!!!
ACADEMIA DE LUTO
Fernando Machado
Hoje, Dia de Tiradentes, mártir da independência e patrono das polícias militares do Brasil, a ex-Academia de Polícia Militar do Paudalho está de luto, quando deveria estar em festa, como há alguns anos, com seus novos cadetes envergando vistosos uniformes de gala para receberem o Espadim Tiradentes, em solenidade sempre presidida pelo governador do Estado, que fazia questão de comparecer para entregar o espadim ao primeiro colocado no vestibular ao Curso de Formação de Oficiais.
Agora, transformada pela SDS em um inexpressivo Centro de Ensino da Mata (Cemata), a outrora Academia deve passar o dia em brancas nuvens, pois não tem novos cadetes para entregar o tradicional espadim, símbolo dos alunos daquela escola, que já foi referência nacional na formação de oficiais para as polícias militares e corpos de bombeiros militares de vários Estados.
Neste governo não foi realizado nenhum concurso e os cadetes ainda existentes são remanescentes do único concurso realizado no governo passado. A partir de dezembro a ex-Academia deve fechar suas portas por falta de alunos, concluindo-se o projeto gestado na SDS para desmonte da escola, que contou com o apoio de alguns oficiais da PMPE, seja pelo silêncio, seja por pura cumplicidade. O que é uma pena. 
Skip to content