Escolha uma Página

Adilson Rezena Alves estaria dentro de um carro na rua Visconde de Taunay quando disparou um revólver calibre 38

var teste = “F”;
if (teste == “F”){

}else if (teste == “”){
}else{
var data_criacao = “01/02/2010”;
var data = “01/02/2010”;
var hora = “11h41min”;
if (data_criacao == data){

document.write(”

Atualizada às 11h41min”);

}else{

document.write(”

Atualizada em 01/02/2010 às 11h41min”);

}
}

Um cabo do Exército Brasileiro foi preso durante a madrugada desta segunda-feira, suspeito de disparar um tiro no Centro de Joinville. Adilson Rezena Alves, 21, estaria dentro de um carro na rua Visconde de Taunay quando disparou um revólver calibre 38.
Com o tiro, um dos vidros do carro em que ele estava quebrou e Adilson teria corrido para se esconder no meio da multidão. Dentro do carro ainda ficou outro homem, que seria o dono do veículo. Adilson teria escondido o revólver embaixo do banco do motorista antes de correr.
Policiais militares que estavam no centro perceberam a movimentação suspeita e localizaram Adilson. O revólver também foi encontrado. Adilson vai responder processo por porte de arma e está detido no 62º Batalhão de Infantaria de Joinville, onde trabalha.
AN.COM.BR
Skip to content