Escolha uma Página
Após uma solicitação do secretário geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, o Conselho de Segurança da ONU autorizou o envio 3,5 mil homens para o Haiti, que foi devastado por um terremoto no último dia 12. Por decisão unânime, o órgão aprovou o aumento do contigente militar da Missão de Estabilização do Haiti (Minustah), liderada pelas Forças Armadas brasileiras. Com a nova determinação da Nações Unidas, o número de soldados chegará a 8,9 mil e o de policiais a 3,7 mil.  
Skip to content