HAITI: ENFIM, EM CASA!

“Eu não entendi o que estava acontecendo. Estava no terceiro andar do prédio em minha hora de descanso. De repente deu um forte tremor que balançou tudo. Uma laje caiu em cima de mim. Saí debaixo dela, mas aí veio novo desmoronamento. Pensei que fosse um atentado, que tivessem jogado uma bomba ali. “
(Cabo Carlos Michael Pimentel de Almeida, ao retornar do Haiti, ontem)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo