Escolha uma Página
O número de suicídios nas Forças Armadas dos EUA ultrapassou já nesta altura do ano o valor recorde atingido em 2008, manifestando uma tendência que o chefe dos Estado-Maior do Exército, general Peter Chiarelli, considerou “horrível”.
Segundo dados fornecidos pelo Pentágono, desde Janeiro des te ano já puseram termo à vida 140 militares no activo, além de 71 na reserva ou na Guarda Nacional.
Nos 12 meses do ano passado, o total dos suicídios foi de 197, entre activos e reservistas.
Skip to content