Escolha uma Página
O Exército fará o armazenamento das provas e a escolta do comboio dos correios que transportarão as provas do ENEM 2009, remarcado para 5 e 6 de dezembro, em função das denúncias de vazamento veiculadas pelo jornal O Estado de São Paulo.
Por conta disso, o MEC transferirá para o Ministério da Defesa R$ 1.264.479,10. Os recursos serão usados para cobrir despesas do 4º Batalhão de Infantaria Leve e do 2º Batalhão de Polícia do Exército, sediados em Osasco, São Paulo, unidades que ficarão responsáveis pela guarda das provas do Enem e escolta de comboios dos Correios, além de atender às despesas das demais unidades militares envolvidas.
Skip to content