Escolha uma Página

O corpo da menina Jéssica Silva Araújo , de 11 anos, foi encontrado por volta das 15h desta quinta-feira, 5, na piscina do Clube dos Oficiais da Polícia Militar (CPM/Dendezeiros), no Bonfim, depois de dois estudantes do Colégio da PM terem avistado uma mancha escura na água.
De acordo com a PM, a garota foi vista pela última vez na tarde de quarta-feira, 4, quando fazia aquecimento com os colegas do 6º ano para uma competição de natação das Olimpíadas internas do Colégio da PM. Em entrevista coletiva concedida nesta tarde, o coronel Francisco Leite afirmou que Jéssica não chegou a competir e que todos deram por falta dela logo depois da prova.
Amigos da garota disseram que ela estava nervosa com a competição e a viram saindo das dependências da Vila Policial Militar de maiô verde e short de lycra azul. Um estudante teria visto ela sair do colégio, o que fez com que as buscas se concentrassem nos arredores e não dentro da instituição, de acordo com o coronel Leite.
O desaparecimento da garota chegou a ser registrado pelos pais na 3ª Delegacia. Os pais da garota ficaram muito abalados e não quiseram falar com a imprensa. Apesar disso, o pai da menina afirmou que ela não fazia natação.
Um tenente e um capitão, os dois oficiais responsáveis pelas Olimpíadas internas do Colégio da PM, foram suspensos administrativamente pelo inquérito policial militar.  O corpo de Jéssica está no Instituto Médico Legal Nina Rodrigues (IML) para ser examinado. 
*com redação de Danielle Villela, do A TARDE On Line
Skip to content