Escolha uma Página
Chico Júnior
O domador Fagner Gonçalves, 27 anos, acusado de matar no dia 7 de junho do ano passado, o soldado do Exército, Leonardo Sales da Silva, 19 anos, foi posto em liberdade nesta segunda-feira. A decisão pela liberdade do acusado é da 2ª Turma Criminal do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).
Fagner é acusado de ter é arrastado por 15 quilômetros, Leonardo Sales que ficou preso ao eixo da caminhonete conduzida pelo domador de cavalos. O crime teve repercussão nacional, sendo noticiado nos principais jornais do país. Fagner estava preso desde o dia 10 de junho do ano passado.
Em março, o juiz Aluizio Pereira, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, aceitou o primeiro recurso da defesa e acabou adiado o julgamento do domador de cavalos que deve ir a júri a popular, porém, ainda não tem data definida. O julgamento havia sido marcado para o dia 7 de março.
Skip to content