Escolha uma Página
A Agência France Press (AFP) divulgou hoje que Brasil e Colômbia decidiram manter os exercícios conjuntos na fronteira e “aprofundar ainda mais o intercâmbio industrial e tecnológico nos setores naval, aéreo e terrestre”, conforme relatório divulgado nesta terça-feira (25) pelas pastas de Defesa dos dois países.
Os ministros Nelson Jobim, do Brasil e Gabriel Silva, da Colômbia, comprometeram-se em “ampliar a cooperação de defesa no campo da educação e da doutrina” e “ratificaram o excelente momento em que se encontram as relações bilaterais”.
Skip to content