Escolha uma Página
Três militares da Aeronáutica morreram em um acidente ontem no KM 589 da BR-040, em Itabirito(MG). A van em que eles estavam chocou-se contra uma carreta carregada de minério. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o acidente ocorreu por volta das 8h45. A carreta seguia sentido Rio de Janeiro, quando um pneu dianteiro estourou. O motorista perdeu o controle da direção e passou para a contramão, onde bateu na van.
O trânsito ficou interrompido por cerca de duas horas, causando engarrafamento de cerca de oito quilômetros nos dois sentidos.
O condutor da carreta, Claudiano de Paula Tomáz, de 30 anos, saiu ileso. Ele disse que havia pego a carga de minério em Belo Horizonte e iria descarregá-la em Congonhas. Tomáz alegou que trafegava a 80 km/h.
Com o impacto, a van da Aeronáutica foi arremessada por cima da mureta de proteção e caiu em uma ribanceira. Morreram na hora o aspirante-médico Adriano Jesus Thomaz Waewell, de 26 anos, o terceiro-sargento Francisco Braz Rodrigues, de 36, e o soldado João Marcos Almeida Costa, de 22. Os corpos foram encaminhados para o IML de Conselheiro Lafaiete.
Os outros militares que estavam na van, Rogério Augusto Nunes, de 25, e Carlos Felipe Marques Alberto, de 21, foram levados para o Pronto-Socorro do Hospital João XXIII. Rogério teve alta à tarde. Carlos Felipe teve uma das pernas amputadas e permanecia em estado grave na noite de ontem.
Skip to content