Escolha uma Página
Depois de ficar quase 40 horas em poder de criminosos durante um sequestro-relâmpago, o primeiro-tenente temporário do Exército Ivo Eloi da Silva Soares, de 25 anos, servindo no 57º Batalhão de Infantaria Motorizado (RJ), conseguiu fugir do cativeiro, no fim da noite de ontem, em Nova Iguaçu (Baixada Fluminense).
O oficial foi capturado na manhã de quinta-feira, quando saía de casa, em seu carro. Segundo a polícia, os criminosos o obrigaram a sacar R$ 500 de sua conta corrente. Ontem à noite, Soares,que estava amarrado, conseguiu se livrar das cordas e fugiu do cativeiro. Ele prestou depoimento na 52ª DP (Nova Iguaçu).
Skip to content