Escolha uma Página

O projeto que prevê a extinção do Tribunal de Justiça Militar já tem apoio suficiente de deputados para tramitar na Assembleia Legislativa.
A proposta de emenda constitucional precisava de no mínimo 19 assinaturas. Representantes do judiciário afirmam que o documento conta com a adesão de quase 30 deputados. O petista Ronaldo Zulke explica que a meta é chegar a 33 assinaturas para garantir a aprovação do projeto em plenário.
Ele avalia que as funções da Justiça Militar podem ser exercidas pela Justiça Comum.
O Tribunal de Justiça avalia que a extinção da Justiça Militar vai diminuir as despesas.
Zero Hora.com

Skip to content