Escolha uma Página

O gasto mundial com armamento militar cresceu 4% em 2008 em relação com o ano anterior, atingindo o recorde de US$ 1,46 bilhão (R$ 2,85 bilhões), segundo o informe anual do Instituto Internacional de Estudos para a Paz de Estocolmo (Sipri, na sigla em inglês), divulgado nesta segunda-feira.
Os Estados Unidos foram responsáveis por metade do gasto total no ano passado (US$ 600 milhões, ou R$ 1,174 bilhão) e por 58% do crescimento dos gastos na última década.
Em segundo lugar aparece a China, com um gasto estimado de US$ 84,9 milhões (R$ 166,2 milhões), seguida pela França, que gastou US$ 65,7 milhões (R$ 128,6 milhões).
O Reino Unido teve gastos totais de US$ 65,3 milhões (R$ 127,8 milhões) e a Rússia, US$ 58,6 milhões (R$ 114,7).
Completam a lista dos dez primeiros países que mais gastaram em armamento militar em 2008 a Alemanha, o Japão, a Itália, a Arábia Saudita e a Índia. …A idéia de guerra contra o terror animou muitos países a ver seus problemas por meio de uma ótica muito militarizada e a usam para justificar um alto gasto militar”, disse o chefe do Projeto de Gastos Militares do Sipri, Sam Perlo-Freeman. Leia mais.FÁTIMANEWS

Skip to content