Escolha uma Página

Depois de cinco dias de buscas intensivas, o exército brasileiro recolheu dois corpos do sexo masculino, malas e destroços do Airbus A330.
Dois corpos, uma mala e destroços pertencentes ao Airbus A330 foram recuperados no oceano Atlântico este sábado, anunciou o coronel Jorge Amaral, porta-voz da Aeronáutica brasileira.
“Esta manhã, às 08:14h [11:41 na hora de Lisboa], tivemos a confirmação da existência de destroços e corpos pertencentes ao voo 447 da Air France”, disse Jorge Amaral numa conferência de imprensa no Recife.
“Às 09:10 [12:10 em Lisboa], o primeiro corpo foi localizado por um avião, e 20 minutos depois foi resgatado pela equipa da Corveta Caboclo.”, explicou.
Segundo a agência France Presse, os cadáveres são de pessoas do sexo masculino e não foram ainda identificados.
As autoridades resgataram ainda uma mala de couro com um bilhete da Air France, uma mochila com um computador e um banco azul que se presume que seja do avião. Está confirmado que o número de série do banco corresponde à aeronave que estava desaparecida.
Dentro das malas encontradas está a identificação dos seus donos, que não foi divulgada e poderá não corresponder aos corpos encontrados.
Os corpos e objectos foram resgatados cerca de 900 km ao largo do arquipélago de Fernando de Noronha, que está a 360 km da costa brasileira.
Segundo a Aeronáutica brasileira, os corpos e destroços foram localizados a cerca de 69,5 km do ponto onde a última mensagem automática emitida pelo Airbus A330 foi enviada. Leia mais aqui.DN GLOBO

Skip to content