Tenente-coronel que sugeriu morte de Lula ganha cargo na Defesa

Na imagem, uma montagem compartilhada pelo tenente-coronel em que a apresentadora Xuxa aparece com personalidades que já morreram e também com o presidente Lula; na legenda, escreveu: “Ainda dá!! Bora Xuxa…”...

 

Nomeação foi revertida e oficial retornou para a FAB

Na imagem, Igor Rocha, tenente-coronel da FAB, que sugeriu a morte de Lula nas redes

Igor Rocha, tenente-coronel da Força Aérea Brasileira, que sugeriu a morte do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em publicações nas redes sociais, ganhou cargo de assessor de Assuntos Internacionais no Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, vinculado ao Ministério da Defesa.

A nomeação do militar para o cargo foi revertida e continuará trabalhando na FAB. Segundo a nota do Ministério da Defesa, a designação do tenente-coronel foi feita sem “anuência” do ministro José Múcio.

Antes de assumir o cargo no Ministério da Defesa, o tenente-coronel Igor Rocha era chefe da assessoria de comunicação da FAB.

Leia a íntegra da nota da Defesa:

“O Ministério da Defesa informa que a nomeação do referido militar para a prestação de serviço na pasta foi um ato administrativo de rotina, que não passa pela avaliação do Ministro, por se tratar de uma função subalterna. O fato citado foi apurado à época pela FAB. Em decorrência, as devidas medidas administrativas cabíveis foram adotadas no âmbito da Força. De toda a forma, o militar será revertido à FAB.”

Contexto
Em 1º de janeiro de 2023, Igor Rocha compartilhou em seu perfil no X (antigo Twitter), uma montagem da apresentadora Xuxa com artistas que já morreram. No fim, aparece uma foto do petista com a apresentadora. “Ainda dá!! Bora Xuxa…”, escreveu o militar na publicação.

PODER 360

3 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo