Bate água no Rio Grande! O blog em meio ao aguaceiro.

gaúcho à cavalo na chuva

Como sabem, Rio Grande do Sul está enfrentando problemas gravíssimos em função das chuvas torrenciais dos últimos dias.

Em Cruz Alta, onde resido, os danos tem sido menores do que em grande parte do Estado. De qualquer modo, estamos sofrendo com cortes de energia e oscilação do sinal de internet, o que está afetando a regularidade das postagens.

Abraço a todos, e vamos em frente.

Batendo água
(Gujo Teixeira / Luiz Marenco)

6 respostas

  1. Tá pesado!
    Governador Eduardo Leite alerta moradores de Canela e Gramado para saírem de casa:
    ‘Orientação expressa’
    Fonte G1

  2. A natureza segue seus ciclos há bilhões de anos. O homem é quem deve se adaptar.

    Mas não. Insistem em ignorar e permanecem desafiando a natureza.

    Um exemplo: em vários lugares do país, constroem casas em leitos – ou margens – secos de rios e lagos. Quando vem essas chuvas torrenciais o rio e os lagos revivem e retomam seu território original.

    Sem contar as habitações que são levantadas nas encostas de morros.

    Em suma: precisamos aprender a respeitar a natureza e a nos adaptarmos a ela.

    Simples assim.

  3. Tenho um grande amigo de Turma de Pouso Novo, RS, região cercada de morros, vales e rios (Altitude 527 m).
    Acesso através de serra sinuosa cercada de árvores e penhascos, acredito que alguns trechos estejam obstruídos.
    Não estou conseguindo contato com ele. Chuvas nunca vistas.

  4. Tche, mantenha a posição.

    Precisando, manda o gaiteiro tocar “reunir”.

    O povo gaúcho tem meu respeito e solidariedade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo