Ciro Nogueira ataca Baptista e Freire Gomes: “vergonha inominável”

O ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira (à esq.), e o ministro do TSE Alexandre de Moraes | Cristiano Mariz/Agência O Globo e Abdias Pinheiro/TSE

Ex-ministro chefe da Casa Civil criticou os comandantes das Forças Armadas que delataram Bolsonaro à PF

O senador Ciro Nogueira, saiu em defesa de Jair Bolsonaro nesta segunda-feira. “Todos os militares têm o dever de honrar sua farda. Alguns deveriam ter ainda mais compromisso em honrar seus pijamas”, afirmou no X.

O ataque ocorreu após o ex-chefe da Força Aérea Brasileira, Carlos de Almeida Baptista Júnior e o ex-comandante do Exército, Marco Antônio Freire Gomes,  confirmarem à PF que havia um plano de golpe para manter Bolsonaro no poder.

Confira a publicação do senador no X:

– Quer dizer que agora um Chefe, dois Chefes (?) de Forças Militares testemunham um Golpe de Estado e não fizeram nada?
– O General da ativa mais importante do país na ocasião que ouviu uma ameaça grave à Democracia é o mesmo que agora bate no ex-Comandante em Chefe que perdeu as eleições da mesma forma que bateria continência para o mesmo Comandante em Chefe, caso ele tivesse sido reeleito?
– É possível acreditar em quem bateria continência para o vencedor com a mesma firmeza com que bate em retirada do derrotado?
– Está absolutamente provado que há um CRIMINOSO INCONTESTE. Ou o criminoso que cometeu prevaricação ao não denunciar ao país o “golpe” ou o caluniador que o denuncia hoje, não tendo ocorrido.
– O General mais importante do país, tão cioso da Democracia, em dezembro de 2022, sairia de qualquer reunião imprópria, denunciaria qualquer conluio e teria absoluto apoio da sociedade brasileira. Borrar-se agora porque não pode fazer as continências que faria é uma vergonha inominável.
– Todos os militares têm o dever de honrar sua farda. Alguns deveriam ter ainda mais compromisso em honrar seus pijamas.

8 respostas

    1. Qualquer político tem mais moral que as FFAA, pois, apesar de serem uns oportunistas e trambiqueiros, não ficam vomitando mentiras de patriotismo e se colocando como a reserva moral do país. Já os militares são oportunistas, trambiqueiros e mamadores de tetas, mas iludem o Pagador de impostos com essas mentiras de patriotismo e blá blá blá.

  1. Concordo Com O Senador. Essa Conversa Tá Mal Contada. STF Liberta Um Condenado Em 3 Instâncias Só Por Causa De Um CEP E Quer Prender Homens De Bem. Tá Complicado

  2. Não sou fã desse senador, mas o que ele escreveu é a coisa mais sensata.

    E mais: agora teremos um “heroi” por ter se omitido. Um “heroi” sem ter agido?!

    Só mesmo nesta Republiqueta.

  3. Tá de brincadeira, esse senador falando sobre seletividade de honra, como se o mesmo fosse o último bastião da honra. A cooperação com a justiça, como testemunha, é um dever moral do cidadão sobre a verdade dos fatos, inclusive elevada como crime a mentira ou omissão. Esse Sr. deveria saber disso, afinal tá ali justamente para produção legislativa do seu Estado e não falar besteiras

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo