Imagem do dia

Militares do Exército retirando a ponte metálica sobre o córrego Taubaté, , em Campinas. Estrutura foi instalada após desabamentos em janeiro de 2023.
Imagem: Paulo Bernardino/Sampi Campinas

Militares do Exército retirando a ponte metálica sobre o córrego Taubaté, , em Campinas. Estrutura foi instalada após desabamentos em janeiro de 2023. (Imagem: Paulo Bernardino/Sampi Campinas)

Uma resposta

  1. Porque os Estados e municípios não possuem nos seus órgãos de defesa civil, dois ou três equipamentos de pontes iguais a essas que o Exército possui nos Batalhões de Engenharia? Convenhamos que essas pontes não são equipamentos de uso exclusivo das FA. Aliás, os Corpos de Bombeiros poderiam ter pontes assim guardadas nos seus batalhões para uso em circunstâncias de enchentes e desabamentos.

    Isso é trabalho de defesa civil, não é trabalho de força armada. Força armada deve ser usada nas circunstâncias em que se faz necessário o uso de armas em complemento às armas das polícias, confere ? Ninguém uso bombeiro para vacinar índios, para entregar cestas básicas, para fazer serviço odontológico etc. Porque será ?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo