Exército encerra o ano comemorando aumento da confiança nas Forças Armadas

Pesquisas

O abalo na credibilidade das Forças Armadas junto à população parece estar ficando para trás. No último ano do governo Bolsonaro e após os incidentes de 8 de Janeiro, os índices tiveram uma queda significativa.

Entretanto, pesquisas recentes apontam a reversão dessa tendência. Em sua página oficial, o Exército comemora.

 

42 respostas

  1. Acabei de fazer um pesquisa sobre o Nível de confianças nas instituições no Instituto quaest e datafolha e em Vários sites que noticiarão o resultado das pesquisas e não foi nada disso que vi lá, muito pelo contrario o datafolha afirma que em uma pesquisa realizada em meados de setembro 2023, constatou que a confiança nos militares atingiu o menor índice Segundo eles.
    no meu ponto de vista vai demorar um pouquinho mais para a instituição voltar aos índices anterior há 2022, a cagada foi muito grande.

    1. A confiança quem dá é a sociedade que aceita sem reclamar pagar um aumento para a PF, que agora passará a ganhar 41 mil.

      Esses institutos pagos chegam a qualquer conclusão, partidos políticos, oab, qualquer coisa que pague chegará a resultados próximos

      A pergunta que não quer calar é: existe outro órgão da administração pública federal que execute dinheiro público contratando um instituto de pesquisa para avaliar seu bom mocismo? Isso é tão estranho…

    2. Caro anônymos. suas palavras são verdadeiras. Pq o EB não colocou no seu site oficial as pesquisas realizadas nas diversas mídias sociais?!?! Simples, pq dão, no mínimo, 80% de reprovação das FFAA.

  2. Era só o que faltava…pesquisas manipuladas.

    É muita coragem tentar a todo custo uma situação mais confortável nas pesquisas. Pesquisa na qual as FA nem deveria entrar porque era pra ser 100%. Com todas as Manchetes negativas diariamente na mídia, impunidades, se tiver 50% tem muito.

    1. Certamente q são manipuladas. as sensações de abandono, frustração, decepção e desconfiança da população brasileira perante suas FFAA são feridas muito recentes. creio q demorará décadas para modificar tais sentimentos e, é claro, com mudança radical dos futuros comandantes (hj, estes são os jovens Tenentes).

  3. Triste…

    Inacreditável e absurdo que uma Instituição de caráter permanente e do Estado tenha de fazer propaganda de índices de “confiança”por parte da população.

    Parece empresa buscando a todo momento consumidores para seu produto.

    Um Exército que coloca como meta, diretriz, o aumento do índice de confiança da população não pode ser levado a sério.

    Pode ser qualquer organização pública, menos um Exército.

    Triste…

    Que esperar do ano vindouro?

    1. Isso tem que ser denunciado ao TCU.
      É uma evidente improbidade administrstiva.
      Isso custou recurso público…. Para ver se “gostam de um órgão”.

      É bizarro. Bizarro.
      Nenhum outro órgão faz isso. Todos os outros estão preocupados em prestar um serviço publico, agradando ou não.

      Por isso que vivem a dar medalha para paisano

    2. Comentário perfeito.
      Parece uma empresa preocupada com
      Seus consumidores, não uma instituição cujo Ú-NI-CO propósito é o USO DA FORÇA, o qual tem o monopólio.

      Exército do powpow

  4. Huahuahuahuahuahuahuahua

    A que ponto é capaz de descer uma instituição que só se preocupa com aparências.

    Nunca que isso aí será capaz de fazer uma coisa que é tão impopular como uma guerra. Ou alguém consegue imaginar esse bando de funcionário público com coragem para se arriscar numa guerra?

  5. Eu observei de perto o prestígio do povo no 7 de setembro em Brasília e no Rio de Janeiro durante o desfile da tropa. Em Brasília, as arquibancadas estavam ocupadas por militares e seus familiares, por ordem, além de alguns funcionários que receberam recompensas para estarem presentes no desfile. Mesmo assim, houve uma notável presença de espaços vazios. nada comparado aos anos anteriores.

    1. Sr Bragas, salvo engano, o Desfile de 7 de setembro de 2023 em Brasília, teve um público máximo de 10.000 pessoas. Teve cidades importantes q os prefeitos proibiram o desfile militar desta tão importante data, devido o risco de possiveis incidentes violentos da população contra as FFAA (jogar ovos, tomates e melancias nos militares).

    1. Depois q as FFAA abandonaram seu próprio povo a sanha esquerdopata?!?! Confio no Corpo de Bombeiros Militar, verdadeiramente, a Instituição com os maiores indíces de aprovação da sociedade brasileira.

  6. O Exército de ontem, de hoje e de sempre, herdeiro das tradições de Caxias e sendo a última reserva moral de nossa sociedade.

    Só me entristece alguns Oficiais aqui juntando coro com as praças que vivem a se lamentar pelos cantos. Deveriam ter vergonha. O Exército deu todas as oportunidades, mas tudo depende do empenho pessoal de cada um. Questionam a reestruturação os que não se esforçaram para a ECEME, e agora passam a criticar uma instituição pautada pela meritocracia em todas as suas oportunidades.

    1. O motivo dessa crescente insatisfação, que envolve até mesmo a perda de confiança nas Forças Armadas. Primeiramente, destaco a postura do Exército, que praticamente endossou os manifestantes ao permitir a montagem de acampamentos nas proximidades das Organizações Militares. Houve insinuações de apoio, sem uma posição clara de oposição, contribuindo para a situação. A situação atingiu seu ápice quando um oficial general agiu com perfídia evidente, mentindo aos manifestantes. Se desde o início tivesse adotado uma postura transparente, evitando ambiguidades, talvez não estaríamos enfrentando esse cenário atual. Desconheço quem tenha elaborado esse planejamento, mas certamente cometeu uma série de equívocos. Quanto à reestruturação, concordo que deveria beneficiar o pessoal da ativa, seguindo os princípios meritocráticos, como é de praxe.

  7. Ótimo ano a todos e que as FFAA ou FA consigam recuperar seu prestígio, perdido nos últimos quatro anos anteriores ao novo governo, junto a população.

  8. Vai demorar um pouco para tratar a ferida, desde que o “Coisa ruim” fique longe do poder.
    Ficamos associados ao Golpe de 8 de janeiro e a incompetência do ex ministro da saúde na condução do problema da Covid.
    Enfim, paga-se um preço pelo erro, só não pode é repeti-lo.

  9. Deveria tomar vergonha, o que estamos vendo é um descrédito total do povo brasileiro com as Forcas Armadas, ainda veem mentir usando números falsos.

  10. piada do ano/24 kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo