FAB diz que base desativada no Rio de Janeiro não foi furtada

BASE FAB SAQUEADA EM MARAMBAIA

Vídeo que circula nas redes mostra o prédio de apoio usado pela Base Aérea de Santa Cruz (BASC) desativado

A Força Aérea Brasileira (FAB) informou, neste domingo (26/11), que o prédio abandonado de uma base que circula em vídeos nas redes sociais, não foi alvo de furtos de materiais. Em nota enviada ao Estado de Minas, o Centro de Comunicação Social da Aeronáutica informou que o local situado na Restinga de Marambaia, no Rio de Janeiro, era utilizado pela base aérea de Santa Cruz (BASC), sendo desativado em agosto.

O prédio era utilizado para apoio ao treinamento com aeronaves, mas encontra-se desocupado desde então. “Todos os itens de interesse que haviam no prédio, e poderiam ser reaproveitados, foram retirados por militares do efetivo Base, uma vez que há planejamento para demolição da estrutura”, escreve.

Nas redes sociais, viralizou um vídeo de militares que passavam pelo local para realizar serviços, mas encontraram o prédio em péssimo estado. “Levaram tudo, quebraram tudo. Rapaziada chegou para dar serviço e não tem nada, está tudo zoneado”, disse um dos militares.

O militar, não identificado, passa pelos cômodos do imóvel mostrando janelas e grades quebradas. “Sobrou nada. Levaram tudo. Não tem mais nada de alumínio aqui”, disse.

ESTADO DE MINAS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo