CHQAO: um ponto de inflexão na carreira dos graduados do Exército

CHQAO CONCURSO

1º Sargento Julio Cezar Rodrigues Eloi

Dado o impacto que o referido Processo Seletivo (PS) possui para a vida profissional das praças de carreira e a evolução da gestão dos recursos humanos (RH) na Força, este breve artigo visa destacar as especificidades do certame e os seus reflexos para o aproveitamento do público-alvo nas diversas atividades no âmbito do Exército Brasileiro (EB).

1. Auxiliar de Estado-Maior Pessoal de Oficial-General (AEMP);
2. Chefe ou Adjunto de Setor de Pessoal (S/1 ou Adj S/1) em Organização Militar (OM);
3. Encarregado de Setor de Pagamento de Pessoal (Enc SPP);
4. Chefe do Serviço de Correios em Comando Militar de Área (C Mil A), Grande Comando (G Cmdo) ou Grande Unidade (GU);
5. Encarregado de Logística (Enc Log);
6. Encarregado de Setor de Material (Enc Set Mat), também conhecido como almoxarife; e
7. Encarregado da Conformidade dos Registros de Gestão (Enc CRG), antigo Encarregado da Conformidade de Suporte Documental.

49 respostas

  1. Excelente. Fiz tudo isso. Tenho medalhas. dentro as principais que acho mais relevantes são: Medalha tempo de serviço de ouro, Pacificador e missão no exterior. Formação superior – Licenciatura Matemática, Pós graduado em Educação Matemática, Finanças, Matemática Financeira. Todos cadastrados no banco de dados do DGP. No CHQAO 9,964. Conceito Excelente. 15 anos levando mas costa uma seção. Mesmo assim, o Exército achou que não era capaz de uma promoção. O que acontece é que quando é criado ou mudado algo para avaliações e promoções, não querem nem saber dos mais antigos. O que vale é a partir daqui e pronto. Nossos cursos superiores não valem gratificação alguma. Mas querem nossos conhecimentos no dia a dia. Aqueles, por exemplo, que são formados em Direito, vão para seção Jurídica e lá ficam redigindo documentos para outros assinarem e levarem os Méritos. Os de contabilidade, para o seção de pagamento, e por aí vai. Contudo na hora da gratificação, apenas para os de “adimia”. Por lecionar em faculdades e cursos preparatórios, me convidaram para lecionar no Colégio Militar algumas vezes. Não aceitei. Pois além de lecionar tinha que trabalhar acumulando em outra seção. É isso aí… Hoje na reserva, só alegria. Duas férias por ano e algumas gratificações no segundo contracheque.
    Abraços a todos e sucesso.

    1. Como essa geração do Coitadíssimo, do ‘mi mi mi’, chorosa é tão imatura e despreparada p/ o mundo real.
      “15 anos levando mas costa uma seção”.
      Você não carrega nem uma mochila vazia “Mas Costa”.
      Você só é militar porque foi aprovado em concurso público.
      Zero características militares.

      1. “…Zero características militares….” Concordo. Foi escolha, não me arrependo. O que tentei mostra são as divergências dentro da classe: por que uns podem e outros não? vários foram promovidos sem ao menos ter um curso, verifique em sua turma que deve encontrar. Por que somos ultrapassados por outras turmas? e os de “acadimia”, no máximo são promovidos em primeiro na turma seguinte?

        “…Como essa geração do Coitadíssimo, do ‘mi mi mi’, chorosa é tão imatura e despreparada p/ o mundo real…” esse mundo verás quando sua família precisar de você e não poderás atendê-los. O mundo real é dentro de sua casa, família. Dentro da caserna é apenas um marco temporal.

        “…Você não carrega nem uma mochila vazia “Mas Costa”…” Quando existe alguém que possa levar, sem ao menos reclamar, para que se estressar. Se ainda tivesse na ativa chamava usted para levar a minha.

        Abraços meu amigo, seja feliz. Nunca esqueça de sua família, se é que tem uma.

      1. É nobre! Não é estranho não! quando deixarmos de ser tratados como Vassalos, sem nenhuma representação, eles farão o que quiserem. Hoje basta um St velho carregar uma mala ou marcar uma consulta para o chefinho, que a promoção está bem perto.

        Abraços. Nunca esqueça sua família.

        1. Correto. Sempre mantive os valores familiares, principalmente o que meu grande herói, Meu Pai, que DEUS o tenha, me ensinou: tenha Caráter e valorize sua família. Poderia escrever aqui vários momentos dentro da caserna que passei com esses de “acadimia”, mas nada iria adiantar. apenas Uma coisa digo: nunca, mas nunca mesmo, deixei que me tratassem como um qualquer, mesmo estando errado em algumas situações. Quem serviu comigo sabe.

          Abraços.

      1. Como disse: foi escolha. Esses cursos não tem os meus perfis. O que tentei mostrar é que as regras mudam e os mais antigos são esquecidos. Antes não se tinham tantos atributos para as promoções. Na própria ex OM, alguns foram promovidos sem essas novas exigência, turmas de 89, 90…

    2. Não saiu de Brasília, não quis bora a cara na tropa, reclamava de pequenas missões, não quis sair da zona de conforto, tu não foi promovido pq foi boca aberta, chance teve. Para de reclamar, eu sei o que vc fez no verão Passado no COTER kkkkkkk.

  2. Somente Por Curiosidade, A Port 171/1984, Foi Editada Para Fins atender a Lei 6.265/75, Essa Lei Foi Revogada Pela Lei Nº 9.786, De 1999 e o Curso não foi colocado em atividade, perdendo sua eficácia.

    O CHQAO Seria Para Fins De Ingresso No Quadro De Oficiais De Administração E Especialistas, Referentes À Lei 3.222/ 1957, Esse Quadro Foi Revogado Pela Art 14 Lei LEI 6.391/ 1976.

    Após A CF88, O CHQAO Como Qualificação (Atribuições) E Requisito Para Ingresso No Oficialato Deveria Ser Previsto Em Lei Em Sentido Estrito, Não Poderia Ser Por Decreto Ou Portaria, Principalmente Que A Lei Em Que Foi Editada A Port 171/1984, Já Ter Sido Revogada.

    A Carreira De Praça É Distinta De Oficial, O Acesso No Posto Inicial Da Carreira De Oficial (Oficialato) Pelo Praça Será Por Nomeação A 2° Tenente E Não Por Promoção.

    Portaria Nº 171, De 27 De Fevereiro De 1984.
    CURSO DE HABILITAÇÃO AO QUADRO AUXILIAR DE OFICIAIS (CHQAO) (Cria)
    O MINISTRO DE ESTADO DO EXÉRCITO, De Acordo Com O Que Dispõe O Parágrafo Único De Artigo 15 De Lei Nº 6.265, De 19 De Novembro De 1975 – Lei Do Ensino No Exército, O Parágrafo 3º Do Artigo 18 Do Decreto Nº 77.919, De 25 De Junho De 1976 – Regulamento Da Lei Do Ensino No Exército, E De Acordo Com O Que Propõe O Estado-Maior Do Exército, R E S O L V E:

    LEI No 6.265, DE 19 DE NOVEMBRO DE 1975.

    Art. 15 – Os Cursos De Grau Médio Enquadrar-Se-Ão Todos Na Linha Do Ensino Militar Bélico E Serão Grupados Nas Seguintes Modalidades:

    Parágrafo Único. O Acesso Às Graduações Superiores E O Ingresso No Quadro De Oficiais De Administração E Especialistas Ficam Condicionados Às Exigências A Serem Estabelecidas Pelo Ministério Do Exército.

    LEI Nº 3.222, DE 21 DE JULHO DE 1957.

    Art. 2º O Quadro De Oficiais De Administração (QOA) E O Quadro De Oficiais Especialistas (QOE) Criados Pelo Art. 60 Da Lei Nº 2.851, De 25 De Agôsto De 1956, Serão Constituído. De Segundos Tenentes, Primeiros Tenentes E Capitães.

  3. Parabéns ao Exército que reconheceu o CHQAO em 2015 como altos estudos 2 e em 2017 altos estudos 1. Enquanto isso a FAB, contrariando a sua lei de ensino, classifica o EAOF (curso de progressão de carreira) como formação, para não pagar altos estudos para os veteranos. Não cumprem a sua própria lei, portanto praticam ilegalidade.

    1. Meu Camaradas! Se dediquem naquilo que é mais importante e precioso na vida, a família, Claro que a vida profissional e familiar tem que ser conduzida em equilíbrio, mas se preocupem na formação da esposa e dos filhos, a Michila financeira fica mais leve. Muitas vezs o militar vira o Rambo e a família fica pra trás, quem sai junto chega junto, junto somos mais fortes. 😉🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷

      1. Excelente.
        Quando pedi reserva, dos três filhos, dois já trabalhando e concursados, uma se forma no próximo ano e esposa trabalhando. Com 51 anos conquistei, graças a DEUS, meus objetivos. Hoje vivo com vencimento de ST tranquilamente, e ainda pago financiamento da casa. Como você disse: “…ser conduzida em equilíbrio…” O que vi foi muitos se dedicarem ao trabalho e deixando para segunda opção a família.

        Vamos tomar um POTIGUA?

  4. * CARTA DA NAÇÃO ÀS FORÇAS ARMADAS BRASILEIRAS.*

    Se acham que pediremos mais uma vez, inutilmente, que intercedam pelo Brasil, estão redondamente enganados. Vocês venceram a sociedade pelo cansaço e pela traição.
    No entanto, trata-se de uma vitória amarga, constrangedora. Vocês se lembram de quando Rubinho Barrichello parou o carro a poucos metros da linha de chegada para que Schumacher vencesse a prova?
    O alemão subiu ao pódio sob vaias, e aquela “vitória” desonrosa manchou as dezenas de outras vitórias que ele obteve durante sua carreira. Pagou um alto preço pela covardia.
    Esse deve ser o provável sentimento de todos os militares incluindo os que ainda gozam de um mínimo de decência, de vergonha na cara, por vossa culpa, generais de araques e sem valor. Para esses comandantes merecem as mesmas vaias e desprezo que o piloto de Fórmula 1 recebeu na ocasião.
    A diferença é que serão vaias muito mais duradouras e que respingarão, infelizmente, nas pessoas com as quais convivem. Até seus filhos e netos se envergonharão de vocês.
    Deve ser difícil agora levantar cedo e ter que vestir uma farda diante da esposa e dos filhos.
    A farda se tornou agora um sinal de covardia, de submissão, de decadência moral, de vergonha, de conivência com tudo que há de repugnante. Permitam-nos um trocadilho: convenhamos que, literalmente, sentirão, mais do que nunca, o peso do fardo, pois nunca tiveram o respeito de quem agora os governa e perderam o respeito de quem sempre os defendeu. Essas medalhas que carregam no peito jamais foram por atos de bravura porque de bravos vocês não têm nada, mas de covardia.
    É uma mistura de burrice com traição.
    Se acham que os anos pós-governos militares foram difíceis (pelas críticas que receberam da esquerda), não imaginam o que virá pela frente, pois agora estão sozinhos e sob ordens de quem sempre os odiou e que os eliminará aos poucos ou os trocarão por cidadãos indignos. Vocês extrapolaram o limite da indecência ao preferir prestar continência a um ladrão condenado que a um colega de farda – seu presidente e a autoridade máxima da nação – num ato de insubordinação, cometendo crime de lesa-pátria e traição previsto no artigo 55 do Código Penal Militar, que prevê fuzilamento por tais atos. É o que de fato vocês merecem, a pena de morte.
    A gota d’água da conduta vergonhosa dos senhores foi o de ainda conduzirem manifestantes indefesos para um campo de concentração comunista. Isso chegou às raias da bizarrice. Cena digna de um Gulag de Stalin.
    *Vocês não perceberam que haviam ali mulheres, idosos e crianças?*
    Pessoas incapazes de destruir o patrimônio público! Vocês são mesmo tão ignorantes a ponto de não perceberem que o quebra-quebra foi articulado por militantes petistas infiltrados? É sério?
    Há duas possibilidades: vocês já se venderam à proposta autoritária deste governo criminoso ou vocês foram feitos de trouxas mesmo. Qualquer resposta representa a desmoralização final das tropas brasileiras, uma instituição que gozava do mais alto grau de nossa confiança.
    Não há justificativa plausível para aceitarem o estado de absurdos da conjuntura brasileira com tantos gatunos no comando para causar o caos e dominar o povo como fez Hitler. Acham mesmo que isso não lhes afetará e que poderão continuar indo a todos os lugares livremente como antes? Vocês já viraram chacota nas redes sociais e em breve essa instituição será desmantelada, sucateada por aqueles a quem se venderam e serão execrados publicamente.
    Judiciário opressor, eleições extremamente burladas, um bandido na presidência, presos políticos, jornalistas censurados, laços com ditaduras e narcotraficantes refeitos, uma armadilha que cedo ou tarde pegará vocês também e suas famílias.
    Registra-se, neste momento, a página mais vergonhosa e constrangedora da história das Forças Armadas do Brasil.
    Os soldados, como os da gloriosa FEB, que outrora enfrentavam nazistas em prol da liberdade, agora prestam continência para um bandido comunista, corrupto, que possui estreitas relações com narcotraficantes, terroristas e ditadores.
    Os senhores, por gerações, farão parte da história do dia em que protagonizaram o enterro do Brasil na lama, desviando-o do caminho que trilhava para o primeiro mundo e se livrar das ratazanas que sempre o destruíram.
    Quando a velhice vos alcançar, fazemos votos para que o remorso da covardia devore vossas consciências por todo mal causado a 220 milhões de pessoas por mera vaidade. Um inferno para vocês é muito pouco para a covardia e desonra causada à nossa Pátria!

    *QUE REPUDIO E VERGONHA!!!*

    *A NAÇÃO BRASILEIRA

  5. Carta Aos “Mercenários” Jair Meçias Bolsonaro E Seus “Marechais” Do Centrão Militar Verde Oliva Traidores Da Pátria E Da Tropa:

    Missionários De Um Mundo Pagão
    Proliferando Ódio E Destruição
    Pelos Quatro Cantos Da Terra
    A Morte, A Discórdia, A Ganância E A Guerra E A Guerra

    Missionários E Missões Suicidas
    Crianças Matando Crianças Inimigas
    Generais De Todas As Nações, Fardas Bonitas, Condecorações
    Documentam Na Nossa História
    O Seu Rastro Sujo De Sangue E Glória

    Missionários De Um Mundo Pagão
    Proliferando Ódio E Destruição
    Pelos Quatro Cantos Da Terra
    A Morte, A Discórdia, A Ganância E A Guerra E A Guerra

    Missionários E Missões Suicidas
    Crianças Matando Crianças Inimigas
    Generais De Todas As Nações, Fardas Bonitas, Condecorações
    Documentam Na Nossa História
    O Seu Rastro Sujo De Sangue E Glória

    Vindo De Todas As Partes, Indo Pra Lugar Algum
    Assim Caminha A Raça Humana, Se Devorando Um A Um

    Gritei Para O Horizonte, E Ele Não Me Respondeu
    E Então Fechei Os Olhos, Sua Voz
    Assim Me Bateu

  6. Exame Intelectual (EI), uma ova, depois que entrou as fichas, porque os capachos não se classificavam, acabou o (EI) tem militar classificando com Nota 05,5 e militar com nota 09,00, não classificando, daí? mais uma maneira de castrar o praça e criar uma legião de baba ovos.

  7. Infelizmente, de nada adiantam esses avanços na carreira das praças do EB, pois a meritocracia na prática é desvirtuada.

    Quem é militar sabe e já presenciou militares Excepcionais não chegarem ao topo da carreira, e isso porque tiveram caráter, por exemplo, de apontar erros e Injustiças da Instituição. Isso é “crime de morte” para o EB. Todos devem dizer “Amém” para todas as decisões dos seus Comandantes, mesmo que arbitrárias, ilegais, absurdas.

    Enquanto isso, quantos oficiais QAO que não tem nem perfil de ser sargento estão espalhados por aí nos quatro cantos do país!?

    P.S.: esse sargento já entendeu o sistema e está manobrando-o a seu favor. Com toda a certeza, somente com esse texto, elogiando a decisão sobre a criação do CHQAO, já carimbou sua futura promoção ao oficialato.

  8. Eu acho que essr negócio de CHQAO deve acabar. ” Caminhada até S Ten ” chega de sub babão! Chega a causar vergonha tamanha são as bizarrices que eles fazem para agradar os oficiais.

  9. Gostaria de saber até que posto o oficial oriundo do CHQAO pode atingir na ativa. Sou Major QAOPM da Polícia Militar Do estado de São Paulo oriundo do CHQAO de 1992. Aqui a PM adotou o CH a partir de 1986 como meio de valorizar os graduados aprovados em concorridos concursos. Parabenizo, dessa forma, todos os Guerreiros da Força terrestre que logram êxito em serem aprovados nos testes rigorosos e, já no oficialato, fazem a diferença. Fiquem com Deus!!!!

    1. A PMSP é um belo exemplo de valorização de seus profissionais. Entre 2011/2012 eu tive a oportunidade de fazer uma Inspeção na PMSP para um programa da Fundação Nacional da Qualidade. E ao ver os processos internos de voces, fiquei com vergonha ao comparar com o EB, e a partir disso, acelerei para passar para a reserva, sabendo que dentro do EB nada iria mudar de positivo. Quando eu fui recebido por um Oficial QAOPM ele falou que a PMSP tinha criado a ideia do EB. O EB criou uma portaria em 1984 e só foi implantar a partir de 2013/2014. Apesar do alto risco que a PM corre diariamente, como carreira militar é muito mais interessante que a do eB. Parabéns!

  10. Concurso para Polícia Militar de Santa Catarina recebe inscrições somente até esta sexta; salários até R$ 16.306,00

    Isso se chama valorização do capital humano, o resto é conversa pra boi dormir. As Forças armadas precisam aprender essa valorização com os militares estaduais.

    1. A PM de alguns estados como o RS e o DF soube valorizar os seus graduados, conheço Sgt QE que aposentou como 1Ten, isso sim é reconhecimento por parte da BRIGADA MILITAR DO RS.
      No entanto outros estados, não posso dizer o mesmo, em alguns casos a PM agiu pior que a Marinha e sequer chega nos pés do exército no quesito valorização de pessoal pois tenho conhecidoS com 45/ 48 anos, pasmem senhores na GRADUAÇÃO DE SOLDADO Todo esse tempo.
      Isso é um descaso e uma discrepância gigantesca, deveria ser corrigida essas distorções vergonhosas l…

  11. Fica ai uma pergunta:

    Se as fichas de valorizaçao entram no somatorio para a Classificação. Como que se pode dizer que o concurso é meritocracia?

    a carreira entre as armas/quadros e sv sao bem diferentes no que diz respeito a oportunidades!!!!

    Todos sabemos disso.

    Como comparar uma FVM de um infante com um militar de saude? De topografia?

    IMPOSSÍVEL.

    Se ja existe discrepancia dentro da mesma Arma, imagina entre armas diferentes.

    Para a Promoção as vagas sao separadas, para o Concurso, Também deveria ser.

    1. Não tem nada ver essa sua comparação amigo! Independente de arma/quadro/serviço, as situações são avaliadas de forma individual, tanto é que olhando o aditamento de matrícula dos alunos do CHQAO/2023 tem militares de todas as armas/quadros/serviços.

      Conselho que te dou amigo, estude e faça a tua parte. Peça cursos, faça idiomas, se inscreva para instrutor de E.E/TG, tenha vivência profissional, etc…

      Tenha certeza que fazendo sua parte DEUS irá te abençoar!

      Bom final de semana

      1. Nao estou dizendo que nao tenha. Vc sabe a nota deles? No seu proprio comentario vc ja respondeu. Vivência profissional de um topografo, de um mec op é quase zero comparado a de um infante. TG nao concorre, a oportunidade de se fazer um curso é imensamente menor. Não acho justo colocar todos no mesmo bolo.

      2. Converse com os comunicantes que são telegrafistas, conheço pelo menos 5, servi com 2 deles. Sempre buscaram os tais pontos, mas o maior erros foi fazer o tal piripipi, porque toda transferência era sempre na vaga de posto-radio, em OM’s diferentes da sua origem . Não puderam concorrer a Brigada, Enc Mat, TG, Adj Cmdo… eram sempre barrados pelo seguinte questionamento: “Eu vou colocar quem no seu lugar no posto-radio? Mas não se preocupe, isso não vai prejudicar sua carreira”. Mas prejudicou.

    2. Sem contar os avaliadores, exemplo quando você e Avaliado por um Oficial Temporario, que tem de EB menos, que você tem de férias. e não sabe nem entrar no sistema. dai esta Merd… de ficha entra pra avalição pra definir o teu salario.

  12. A FAB tem que retornar o seu interstício das praças na graduação de Segundo-Sargento como era antes da Restruturação de 2019, já que o EB acabou de Retornar.

  13. Não está fácil para os pracinhas, graças a deus não estou mais na força, quando vi o bizu furado que me meti, procurei logo cair fora. Sou da EsSA da turma de 2008 engenharia e sai em 2015. Infelizmente para os oficiais, quem estuda é tido como vagabundo e fazem de tudo pra atrapalhar aqueles que querem adquirir algum conhecimento. A mentalidade de muitos são que posto / graduação é sinônimo de nível intelectual, acha que quem é superior é mais inteligente 🧠! Hj sou muito feliz na vida civil e nãoe arrependo pelo tempo que passei no EB, mas vi que não era pra mim, queria qualidade de vida e ganhar o suficiente para ter uma vida confortável, como não ia ter isso, cai fora. Fico feliz por aqueles que conseguem uma promoção e melhora a situação financeira, o praça deveria ser mais reconhecido!

    1. Legal o seu comentário, bem isso mesmo, medem as pessoas pelo posto ou graduação, falou tudo, não interessa a sua formação lá fora, desprezam e ignoram mas adoram sugar o seu conhecimento.

  14. Tem que acabar com esse negócio de QAO se o cara quer ser Oficial Fassa academia, aí fica um bocado de homem velho puxando saco de superiores para sair Oficial. O praça tem que chegar até Subtenente só.

  15. Costumo esfregar a medalha de corpo de tropa na coluna como simpatia para tirar minha dor. Mas não adianta nada. Só remédio mesmo. E sai caro. porcaria de medalha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo