Helicópteros do Exército e da Força Aérea resgatam indígenas em Roraima

Desde o começo do ano as forças armadas estão atuando no Norte do Brasil em apoio aos indígenas - FAB

Aeronaves transportaram indígenas yanomami com grave quatro de saúde para tratamento médicos adequados

Helicópteros do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira realizaram nesta semana a Evacuação Aeromédica (EVAM) de seis indígenas yanomami que estavam com saúde debilitada.

Na segunda-feira (22), um H-36 Caracal, da FAB, foi acionado de Boa Vista, em Roraima, para resgatar duas indígenas com grave risco de morte. A aeronave voou noventa minutos até a região de Surucucu.

As pacientes foram acomodadas no helicóptero, que tinha a bordo dois médicos e dois enfermeiros, retornando para Boa Vista, onde pousaram às 22h10 e foram encaminhadas para um hospital local.

O voo ocorreu sobre condições meterológicas adversas e foi utilizado o equipamento de visão noturna (NGV, na sigla em inglês), que permite maior segurança operacional.

Menos de 48 após a missão de resgate da FAB, a aviação do Exército foi acionada para uma EVAM de outros quatro yanomamis com saúde debilitada.

A operação ocorreu na quarta-feira (24), e os transportou de Toxahipi e Xocori para Surucucu, utilizando um HM-1 Pantera, do Quarto Batalhão de Aviação do Exército (4° BAvEx).

AEROMAGAZINE

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo